quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Ditadura e as ligações do F.C. Porto a Salazar



Benfica o clube de Salazar segundo reza a nova história.
No início dos anos 80 com a tomada de poder no F.C.Porto por parte de Pinto da Costa nasceu uma nova mentira, uma mentira que tem vindo a ser repetida ao longo dos anos e que visa desinformar os mais desinformados e principalmente as gerações mais recentes.
Diga-se em abono da verdade que a ideia está bem urdida, mas infelizmente a história dos anos negros da ditadura já foi escrita e por muito que tentem Angelo Machado Presidente do F.C.P à direita com Salazar e a
saudação fascista
não a conseguem mudar ainda que a tentem manipular.


Depois de um post sobre Salazar o Fascismo, 
Porto e Benfica, Mentiras dos nossos dias 
e de um outro posto sobre A Ditadura de Salazar, Os Primeiros Casos de Corrupção
o post de hoje é mais uma vez sobre as ligações do F.C.Porto à ditadura e mais concretamente Salazar.

Falamos Angelo Cesar Machado, presidente do F.C. Porto entre 1938 e 194.

Angelo Cesar Machado nasceu em 1900 em Andrade, Viseu, formou-se em direito na Universidade de Coimbra.
Angelo Machado amigo pessoal de Salazar e membro do Centro Católico, ajudou a fundar a Milicia Lusitana e depois se juntou à "Liga Nacional 28 de Maio" que posteriormente derrubou a I Republica Portuguesa e instituiu a Ditadura no nosso País.

Angelo Cesar foi também Deputado na assembleia da Republica no consulado de Salazar, sendo inclusivé um dos seus braços direitos e um dos grandes responsaveis para que Salazar subisse à Presidencia do Conselho poder com os artigos que intelectuais que escrevia no jornal "Diário da Manha"

Durante os seus anos como Presidente do F.C. Porto conquistou 2 campeonatos 38/39 e 39/40
campeonatos esses que estão ligados a enormes suspeitas de corrupção.

Campeonato de 38/39 no campo da constituição disputava-se o ultimo minuto de jogo 3-3 era o resultado desse Porto-Benfica, o Porto apenas necessitava do empate para ser campeão, mas no ultimo minuto de jogo o Benfica marca e sagrar-se-ia campeão golo esse que foi imediatamente anulado pelo árbitro da partida por pretensa falta, (fotos mais tarde da Revista Stadium comprovaram que não existiu qualquer falta) como o golo anulado e a partida terminada o Porto sagrou-se campeão.

Campeonato de 39/40 Áquela epoca o campeonato dividia-se em 2 fazes primeiro disputava-se os Regionais e seguidamente o nacional, apenas os 2 primeiros classificados de cada regional teriam acesso ao campeonato nacional, e os 3 e 4 cairiam para a 2ª divisão nacional.
A verdade é que com a influência de poder de Angelo Machado junto da ditadura e de Salazar o Porto consegue o alargamento do campeonato nacional evitando assim a sua descida de divisão e posteriormente conquistou o campeonato nacional.

2 comentários:

Carlos Alberto disse...

Fizeste bem em lembrar este post amigo Paulo.

A verdade há-de sempre prevalecer sobre as trevas da mentira

Daniel Faria disse...

O autor do http://www.benficaeternoscampeoes.blogspot.pt/ deseja um Feliz Natal e um 2013 repleto de coisas boas ao autor deste BLOG e sua família.

Abraço glorioso.