sábado, 3 de março de 2012

Benfica - Porto, Proenca putas e corrupcao, Parte XXX


O sentimento de revolta que nasceu em mim quando ontem assistia na Luz a um autêntico vendaval de roubalheira é hoje o mesmo que naqueles minutos que pareciam não ter fim.
Todos nós estávamos de sobreaviso sobre o que poderia suceder na Luz contra a corrupção, quando falo em corrupção não falo apenas do F.C.Porto falo também do Proença, dizem as más línguas que é sócio do Benfica que vestia o fato de treino do Benfica no Liceu Camões e era doente, pois eu digo que Proença de Benfiquista tem muito pouco, pois os milhares que recebe da corrupção fazem dele um homem indigno e corrupto, que está sempre pronto a dizer presente sempre que a corrupção clama pelo seu nome.
Certo é que pelas bandas do Dragão já se sabia pelo menos desde Sábado passado a nomeação de Proença para este jogo e não foi por acaso que compareceu no estádio do Dragão no dia seguinte, Domingo... para quê? Acho que não é necessário ter-se 2 palmos de testa para perceber o que foi preparado para o jogo de Sexta na Luz.

Tanto se fala dos 20 minutos em que encostou o Benfica às cordas, mas o encostar à cordas faz parte do manual de como empurrar uma equipa para trás, quantas e quantas vezes tentou o Benfica sair para o ataque e eram derrubados em falta os jogadores e Proença nada apitava e deixava o jogo correr?
Foi precisamente numa dessas saídas para o ataque do Benfica em que Aimar é derrubado em falta e o Sr. Proença deixa seguir, o resultado final todos o sabem, grande golo de Hulk, o que ninguém na imprensa fala é que o tal 1º golo do Porto é precedido de uma irregularidade que hoje ninguém tem coragem para falar ou escrever, foi falta sim sobre Aimar e 1º golo do Porto precedido de uma irregularidade que Proença como tantas outras decidiu fechar os olhos.
O Benfica empata o jogo após falhanços de Cardozo e Aimar, Djalma e Janko distribuíam porrada a seu bel prazer sem que Proença e os seus amigos nada apitassem nada fizessem, afinal era necessário a todo o custo arrancar a vitória para se poderem receber as tais fichas de Casino fora as putas sejam elas de que cor forem.
Entra a 2ª parte e Cardozo... golo... balde de água fria, as faces aterrorizadas na bancada de imprensa da Luz por parte dos avençados tudo diziam e havia aqueles que na mesa batiam, sim isto passou-se à minha frente até os pseudo jornalistas perderam a vergonha.
Djalma logo a seguir tem uma entrada daquelas à Emerson e Proença mais uma vez nada, cartão para quê? Reduzir o Porto a 10... seria cortar um dos tentáculos do polvo e uns milhares a menos na conta bancária do Sr. Proença.
Segue jogo, Witsel é derrubado à entrada da área do Porto, para espanto geral Proença manda seguir jogo, Witsel estatelado no chão a pedir assistência média e bola fora para quê, muito menos o Sr. Proença parar o jogo para assistir Witsel e o resultado foi novo golo do Porto, novo golo precedido de irregularida por falta sobre Witsel: Proença Recusou-se a parar o jogo e mandar entrar a equipa médica para assistir Witsel, é de estranhar tal atitude já que minutos antes foi muito solicito a cortar uma jogada de ataque do Benfica para parar o jogo e mandar entrar a equipa médica para assistir Hulk quando ainda o Porto vencia por 1-0, esta foi mais uma daquelas tiradas à Proença em que usou critérios diferentes sempre em desfavor do Benfica e sempre em favor do Porto.
Janko esse fazia faltas atrás de faltas, consegui contar umas 7 no estádio, mas o cartão teimava em ficar no bolso de Proença, e eis que fora de jogo de Janko, com o mesmo a pontapear a bola para o fundo da baliza já bem depois de Proença ter apitado, e quais adeptos incrédulos com o cenário, Proença decide pela enésima vez deixar o cartão amarelo para Janko no bolso. Diz a lei que todo o jogador que seja reincidente no nº de faltas deverá ser admoestado com a mostragem do cartão amarelo e se continuar a cometer as mesmas infracções deverá ver o 2º cartão amarelo, Proença mais uma vez achou que o nº de reincidências de Janko não eram as suficientes para o amarelo, mas não teve pejo em mostrar amarelo a Emerson quando cometeu a sua 1ª falta e muitos menos se intimidou quando à 2ª falta de Emerson o decide expulsar, mais uma vez saltam à vista os critérios de Proença e seus amigos de seus 2º e 3º árbitros (fiscais de linha).
A teia estava finalmente montada faltava apenas o retoque final de uma equipa de arbitragem que mostrou bem ao que veio, e mostrou de todas as formas que vinha para roubar a equipa da casa, afinal a teia há muito que estava a ser montada, Guimarães foi apenas o início Coimbra foi o que todos viram mas poucos têm coragem para falar e Proença esse a quem foi encomendado o serviço final tudo fez para que a verdade de um jogo fosse novamente falseada deturpada, e para espanto geral de um estádio e gaúdio da corrupção valida um golo em claro fora de jogo de Maicon, o fiscal de linha com uma visão mais que clara do lance fez de conta que não viu, provavelmente estava com algum mosquito nos olhos e decidiu que esta seria a sua noite de escolher a puta mais luxuosa das casas de putas que a direcção do Porto mantém em funcionamento em Lisboa e Porto.

Quanto a Proença está tudo dito, não de ontem mas de há vários anos a esta parte, sempre que apita o Benfica as putas saltam na sua cama e os milhares de Euros tilintam nas suas contas bancárias.

Quanto à direcção do Sport Lisboa e Benfica sabiam de há muito tudo o que estava a ser orquestrado para impedir que o Benfica fosse campeão, sabe também de antemão a direcção do Sport Lisboa e Benfica que a teia acabada de montar ontem, não visa apenas impedir que o Benfica seja campeão visa também levar o Benfica ficar atrás do Sporting Clube de Braga, sim essa tal filial B da corrupção.

Foi tarde muito tarde, o Sr. Luís Filipe Vieira vir apenas ontem findo o jogo botar faladura na arbitragem, Vieira sabia tão bem como todos nós tudo o que estava a ser preparado e este jogo seria a estocada final nas aspirações ao título de Campeão.

É necessário um murro na mesa de uma vez por todas, é necessário um grito de revolta por parte da direcção do Sport Lisboa e Benfica contra a Liga e contra a arbitragem, não basta falar uma vez e calar.

A paciência dos adeptos do Benfica está por um fio, está por um fio a todos os níveis, os roubos são mais que muitos e certamente deve haver muita gente com vontade de fazer mal, muito mal a algum árbitro corrupto.

3 comentários:

Carlos Alberto disse...

Concordo Kapotes... Concordo!

Viriato de Viseu disse...

Ele vinha com ela fisgada...foi uma vingança dentária !!!

Conde de Vimioso disse...

Na jogada da expulsão do Emerson, ele toca primeiro na bola com o bandeirola a meio metro, o mesmo que não viu o fora de jogo no 3º golo.

VEJAM BEM e o bandeirinha a meio metro.

E a para mim no 3º golo dos corruptos o Artur é carregado pelo corrupto que também estava fora de jogo.

Bom post, mas vejam estes lances.