quarta-feira, 11 de maio de 2011

Para O Ano Nem Com Messi, Ronaldo e Rooney Ganhamos o Campeonato

A justiça portuguesa está completamente falida, este ano ficou provado e comprovado que eles fazem o que querem, quando querem, como querem, onde querem e a quem querem.

O futuro avizinha-se completamente negro para o Benfica, a corrupção é lei em portugal e quem não entrar neste jogo não vai a lado nenhum.

Gostava de conseguir ter a esperança de estar enganado, mas nem isso consigo.

Retirado de A Bola:

Tribunal dá razão a FC Porto e Boavista

Boavista e FC Porto podem ter ganho uma importante batalha judicial no âmbito dos processos do Apito Dourado.

Segundo avança o Jornal de Notícias esta manhã, o Tribunal Central Administrativo do Sul declarou inexistente a deliberação do Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol que aplicou uma suspensão de dois anos a Pinto da Costa e subtracção de seis pontos aos dragões, castigando também o Boavista com a pena de descida de divisão, decisão essa tomada em Maio de 2008 que incluiu ainda pesadas multas e uma punição de quatro anos ao antigo presidente da SAD axadrezada, João Loureiro.

2 comentários:

Tiago disse...

se o tribunal decidiu que o CJ foi inexistente só há uma alternativa! o conselho de justiça reunir-se outra vez e decidir novamente! sabendo que se forem contrários à primeira decisão quem pagará as multas será a FPF! e quem nos diz a nós que eles não decidirão por castigos mais severos?

uma coisa é certa! como apenas o presidente do Porto recorreu, o castigo dos 6 pontos aplicado ao Porto por corrupção mantém-se inalterado!!

Manuel disse...

Tens toda a razão. E sabes quem preside ao Supremo do Tribunal Administrativo? Lucio Barbosa! Exactamente, esse de quem Valentim Loureiro disse, "estou confiante na vitória da justiça agora que Lúcio Barbosa preside ao Supremo do Tribunal Administrativo". E não é que adivinhou?

Foi Dragão de Ouro em 1997 e presidiu ao CD da FPF. E foi ele que foi apanhado nas escutas do Apito Dourado a pedir dois bilhetes para ele e para o filho por brilhantes "serviços" prestados a favor dos andrades.

E depois desta decisão dizem, cinicamente, que ainda podem recorrer para o Supremo! LOL!!!

A corrupção actualmente em Portugal já corre a céu aberto.