sexta-feira, 15 de abril de 2011

Preud'homme - será que voava?

Tinha-me lembrado de dedicar aqui algo àquele que para mim foi o melhor guarda-redes do Benfica. Pelo menos daqueles que eu vi jogar sabendo avaliar a sua qualidade.

Mas era para ser escrito aquando da final da Liga Europa. Como isso não é possível já que o Twente foi eliminado pelo Vilarreal, antecipei o que tinha em mente.

Preud’homme veio para o Benfica em 1994, tinha na altura 35 anos e parecia muito velho mesmo para um GR. No entanto, até ao fim da carreira parecia um jovem. Eram incríveis as defesas que fazia, parecia que voava. Lembro-me perfeitamente de estar a ver a bola a entrar e ele ir lá. Só ao alcance de alguns. Tal como está no vídeo, embora eu já não me recorde de algumas coisas mas lembro-me das enormes defesas que fazia, mas como dizia tal como está no vídeo que aqui vos vou deixar, considerado pela FIFA o melhor guarda-redes em 1994.



Eu não me lembro de outro guarda-redes que desse tanta tranquilidade à defesa/equipa e aos adeptos. Nem me lembro de muitas falhas. Claro que as teve como todos têm mas era rápido, ágil, tendo sido comparado ao Vítor Baia. Bom, que eu me lembre não defendia fora da área devida. lol

Embora ele tenha passado pelo Benfica no pior período da história do nosso clube, não esqueço as defesas dele nem o último jogo, tendo tido o estádio todo em pé a aplaudi-lo. Lembro-me perfeitamente disso e de me virem as lágrimas aos olhos. Merecia ganhar bem mais do que aquilo que ganhou no Benfica (uma taça de Portugal em 1995/96).

OBRIGADA pela tua qualidade. Principalmente por teres defendido magistralmente as nossas redes. E PLURIBUS UNUM.

P.S.

A propósito de GR, proximamente escreverei sobre o “nosso” Manuel Bento.

Fontes: youtube, foto retirada do blog Benfica 1904 Fans.

4 comentários:

Anselmo Damasio disse...

Desculpa ele ser comparado ao Vitor Baia é uma afronta ao Michel PreudHomme. O Baia defendia as bolas dentro da baliza e fora da area o que realmente é incrivel para qualquer um, mas fazia-o em Portugal no reinado do mafioso. VOLTANDO AO MELHOR DO MUNDO, realmente era um guarda-redes fantástico um dos melhores que já vi jogar até hoje, teve azar de passar pelo Benfica no momento mais tragico do nosso clube.
Só me lembro de ver jogar outro que dava tanta confiança aos colegas e aos adeptos e chamava-se Bento. Qualquer um dos dois fazia bastante falta à equipa actual, de certeza que ganhávamos a Liga Europa com um dos dois na baliza.
SAUDAÇÕES GLORIOSAS

Isabelita disse...

Sim, claro. :)
Por isso destaquei ironicamente o facto do Baía defender fora da área.
E sim, dentro da baliza naquele famoso "não-golo" que o era.

Abdul Abdullah disse...

É dos poucos casos em que eu penso que os clubes deviam contratualizar a possivel clonagem futura de um jogador. :)

Que saudades...

ad.eternum SLB disse...

http://adeternumslb1904.blogspot.com/2011/04/day-after.html

Saudações Benfiquistas