quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

F.C.Porto Sporting e Prostitutas

A história é a seguinte: tanto a Carolina, como a irmã, são prostituas. A Carolina, inicialmente era a prostituta do Pinto da Costa, depois passou a protegida e, agora, amante, ou amantizada. A irmã era a prostituta que servia ao Dias da Cunha, sempre que vinha ao Porto. Pinto da Costa comprou um apartamento para a Carolina (para os encontros de ambos), mas colocou-o em nome de uma das suas empresas. Dias da Cunha comprou outro apartamento para a irmã da Carolina, sua prostituta no norte, e colocou-o em nome dela. Na primeira vez em que veio ao Porto, após ter colocado o apartamento em nome da prostituta, ela não o deixou entrar, alegando que o apartamento era dela (e, de facto, legalmente era mesmo!).

FOI ESTE EPISÓDIO QUE LEVOU À ZANGA ENTRE O DIAS DA CUNHA E O PINTO DA COSTA, ZANGA QUE AINDA HOJE SE MANTÉM!!

Por isso, o Dias da Cunha fala do Sistema, apontava o Pinto da Costa e o Valentim como os rostos, mas não vai mais além (embora saiba muita coisa). E não vai mais além, porque se fosse o nome dele também viria à baila, pois está tão enterrado como os outros dois!!

Fonte:
Jornalista Anónimo

4 comentários:

Manuel Oliveira disse...

Ahahahahahah, grande anjinho!
As coisas que a gente vai aprendendo amigo kapotes.

Abraço.

antoniomaia disse...

um post com pouco interesse, ao contrário do anterior que está muito bom.

bola pra frente

viva o Benfica!
e pluribus unum

BT26 disse...

Não acho que seja assim tão pouco interessante, estabelece algumas ligações, é que o sporting chegou a ganhar 2 campeonatos com penaltis atrás de penaltis, um deles o empurram fantasma ao mergulhador na Luz. É engraçado que depois de sair pouco tem conseguido este sporting...

Benfica sempre.

Isabel disse...

É para nós sabermos o porquê de certas coisas. Eu realmente nunca percebi porque raio o Fífias da Cunha (acho que era este o nome dele no Contra-Informação) falava falava e depois de repente calava-se. Assim já percebo.