segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Doping no F.C.Porto

Moreira, jogador do FC Porto, lançado em conjunto com Hélder Postiga, acusou positivo num controlo, foi castigado e dispensado

O avançado Moreira, jogador dos juniores do FC Porto, foi suspenso de toda a actividade desportiva, na apesar de continuar a trabalhar com a equipa B dos «dragões». O atleta acusou a utilização de uma substância proibida, a Furosenida.

Moreira, atleta júnior do FC Porto, foi suspenso de toda a actividade desportiva, quando, a 19 de Junho de 2001, após a realização da partida Belenenses - FC Porto, relativa à fase final do Campeonato Nacional de Juniores, ter acusado positivo no controlo anti-doping.

O jovem avançado acusou a utilização de uma substância proibida, a Furosenida, que integra a lista de produtos que não podem ser ingeridos pelos atletas de alta competição.

Nélson Puga, médico do conjunto vice-campeão nacional, garantiu que Moreira foi sujeito a um inquérito do foro interno do clube.

No entanto, o clínico ressalvou que acredita «na inocência do jogador», e assegurou que «ninguém lhe ministrou esta substância, tratam-se apenas de vestígios», pelo que é possível que tenha havido uma contaminação.

Posteriormente, Nélson Puga, disse ainda que a Furosenida «é uma substância proibida, não uma substância dopante. A Furosenida é um diurético, que serve, apenas, para baixar a tensão arterial e, muito importante, baixa o rendimento de um profissional de futebol», esclareceu.

Nélson Puga lembrou ainda que a única vez que um jogador acusou esta substância em Portugal (na circunstância, o guarda-redes Quim, do Sporting de Braga), o atleta foi, nessa altura, despenalizado.

A concluir, o médico dos «dragões» frisou que «ele não está castigado. Encontra-se, somente, suspenso».

Recentemente Moreira deu uma entrevista a um jornal em que diz o seguinte...

De repente, um controlo anti-doping. Moreira acusa positivo. É suspenso por seis meses. Na altura, treinava com o plantel principal e tinha um futuro promissor à sua frente.

Seguiu-se o descalabro total na carreira.

«Olhando para o meu passado, claro que me entristece a situação. Na altura, marcou-me bastante. Ainda para mais, sabendo que sou inocente. Calhou ser sorteado para o controlo. Eu apanhei seis meses, enquanto ao colega que estava comigo não aconteceu nada. Enfim, é melhor nem falar muito sobre esse assunto. Talvez um dia fale», desabafa Moreira ao Maisfutebol, deixando suspeitas no ar.

A conclusão a que se chega e que é melhor nem falar muito sobre esse asssunto”?
Será que Moreira esta  com medo de levar um tiro nas rótulas? Ou não quer revelar os segredos das “amarelinhas” dietas do Fernando Póvoas?
Fica com uma dúvida: porque é que na URL do MaisFutebol surge o nome de Bruno Alves? Seria ele o “colega” a quem não aconteceu nada?
E porque passado algum tempo a noticia foi tirada do Site?

Porque todas as noticias relacionadas com Doping no F.C.Porto desaparecem da imprensa online?

4 comentários:

VHugo disse...

Caro capotes! Depois dizem que são os túneis!

Nelson Puga e Basil Ribeiro...o que há em comum entre estes 2!??!!?

http://forcamagicoslb.blogspot.com/2010/12/negocios-estranhos.html

BT26 disse...

Hoje comentei no Blog PinceladasGloriosas que os infantis dos corruptos não estão a participar no torneio cidade dos campeões por intoxicação alimentar, e deixei uma pergunta, será que os corruptos já começam a dar amarelinha logo nos infantis?

Benfica sempre.

Anónimo disse...

Boas,

Poderias-me explicar essa história do mais futebol e do desaparecimento do link?

Obrigado

kapotes disse...

Enorme VHugo... túneis e afins... desta gente já sabes o que vem.

BT26... Eles costumam misturar uns pozinhos e adulterar uns quantos BI´s dos Infantis lá na corruptolandia...

Caro Anónimo o link em que a notícia desapareceu é o seguinte.

http://www.maisfutebol.iol.pt/fcporto/moreira-oliveirense-fc-porto-porto-helder-postiga-bruno-alves/1104412-1304.html

Abraços a todos